Você está em NoticiAki - de Tudo um Pouco > Área do Triângulo Retângulo, Escaleno, Isósceles, Equilátero

Área do Triângulo Retângulo, Escaleno, Isósceles, Equilátero

Área do Triângulo

Nos estudos que estão ligados ou relacionados a geometria, o triângulo é sempre muito importante e por mais que as pessoas acreditem que cálculos relacionados a sua área não seja importante para nosso dia-a-dia, a área do triângulo é responsável por vários cálculos comuns para muitos profissionais da arquitetura, engenharia e matemática. Dentre as principais figuras da geometria, está o triângulo retângulo, que nada mais é do que um retângulo, divido ao meio por uma linha diagonal. Saiba abaixo como calcular a área de vários tipos de triângulo, como o retângulo, escaleno, isósceles e equilátero.

Área do Triângulo

Área do Triângulo

Área do Triângulo Retângulo

Área do Triângulo Retângulo

Área do Triângulo Retângulo

Para o cálculo da área do triângulo retângulo iremos utilizar a seguinte formula: A = b x h, onde “A” significa Área, “b” significa Base e “h” significa Altura. Levando em consideração que o retângulo é divido em 2 iremos aplicar: A = (b x h) / 2. Com as fórmulas devidamente identificadas, levaremos em consideração a base e a altura do retângulo, sendo que a base do retângulo tem 12 cm e a altura, 4 cm. Passando para a fórmula indicada, teremos a seguinte equação:

A = (12 x 4) / 2 = 48 / 2 = 24
Resultado da Área do Triângulo Retângulo é 24 cm²


Área do Triângulo Isósceles

Área do Triângulo Isósceles

Área do Triângulo Isósceles

Para o cálculo da área do triângulo isósceles utilizaremos inicalmente a mesma fórmula indicada para o triângulo retângulo, onde A = (b x h) / 2. Sendo um triângulo que tem como base 14 cm, e tendo traçada uma linha em seu “meio” também teremos dois triângulos, onde é possível identificar a sua altura, que nest caso será de 22 cm. Com os dados identificados e a fórmula conhecida, aplicaremos os termos à fórmula. Alguns exercícios não são informados dados referentes a base e a altura do triângulo, contudo, para resolver tão exercício, será necessário utilizarmos o Teorema de Pitágoras.

A = (14 x 22) / 2 = 154 cm²
Resultado da Área do Triângula Isósceles é 154 cm²

Área do Triângulo Equilátero

Área do Triângulo Equilátero

Área do Triângulo Equilátero

Para o cálculo da área do triângulo equilátero utilizaremos um cálculo diferente dos utilizados anteriormente, onde neste exercício especificamente, não temos identificados os números da base e da altura, onde utilizaremos uma fórmula para descobrir a base e a altura do triângulo, para posteriormente encontrar o resultado da área do triângulo equilátero. Para este exercício, teremos um triângulo com lateral de 4 cm e base de 2 cm, porém, não teremos altura, justamente por isso, iremos utilizar uma nova fórmula, onde teremos: Cateto A² = Hipotenusa² + Cateto B². Aplicando os números a fórmula, teremos:

4² = h² + 2²
16 = h² + 4
16 – 4 = h²
h = √12
h = 3,464

Após a aplicação dos termos na fórmula indicada, temos a altura h = 3,464. Aplicaremos agora, a fórmula já conhecida de outros triângulos para encontrarmos a área do triângulo equilátero.

A = (b x h) / 2
A = (2 x 3,464) / 2
A = 6,928 / 2
A = 3,464 cm²

Mesmo sem sabermos a altura do triângulo inicialmente, com a aplicação correta da fórmula, foi possível concluir que a área do triângulo é de 3,464 cm², onde primeiramente encontramos a altura, inicialmente desconhecida, e posteriormente, com a altura em mãos, bastou informar os termos “base” e “altura” na fórmula específica para encontrar a área do triângulo.

Área do Triângulo Escaleno

Área do Triângulo Escaleno

Área do Triângulo Escaleno

Para calcular a área do triângulo escaleno, temos inicialmente que analisar a situação que se é mostrado o triângulo, onde se conhecermos o seu lado e sua altura, utilizaremos a fórmula já conhecida e utilizada no cálculo da área de outros triângulos, sendo A = (b x h) / 2. Caso se conheça os dois lados e o ângulo entre eles, utiliza-se uma fórmula mais complexa para seu cálculo, sendo A = [L(a) x L(b) x Seno(y)] / 2, onde o ângulo (y) está sempre entre os Lados A e B. Se conhecermos apenas os lados, a fórmula para encontrar sua área é A = √p x (p – a) x (p – b) x (p – c), onde (a), (b) e (c) são os lados do triângulo, onde p = (a + b + c) / 2.

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Artigos Relacionados:

Encontre o que deseja:

2 Comentários

  1. artur disse:
    é bom aprendí muitas coisas legal esse site nota 10
  2. leone disse:
    muito legal, curti muito as dicas e aprendi como calcular a área do triângulo.

Gostou? Deixe seu Comentário