Você está em Noticiaki > Bem Viver > Ascaridíase – Causas, Sintomas, Tratamentos e Transmissão‏

Publicado por Emily Oliveira EM Saúde

Ascaridíase – Causas, Sintomas, Tratamentos e Transmissão‏

Ascaridíase

A ascaridíase é uma parasitose popularmente conhecida como lombriga ou bicha. A lombriga é um verme nemátode, sem segmentação e com tubo digestivo incompleto. A fêmea chega a até 40 cm de comprimento e possui o diâmetro de um lápis. Há uma crença em que as pessoas acreditam que a lombriga surge quando a pessoa fica assustada ou traumatizada, mas é absolutamente irreal. O ser humano quando infectado pela doença, libera ovos do parasita junto às feses. A larva do parasita se desenvolve em ambientes quentes e úmidos.

Ascaridíase

Ascaridíase

Causas da Ascaridíase

A Ascaridíase é causada pelo verme Ascaris lumbricoides, sendo o ser humano o único hospedeiro do parasita. Os ovos do parasita se desenvolvem no intestino delgado das pessoas até se desenvolverem e chegarem à fase adulta. A maioria dos infectados que possui a lombriga não apresenta nenhum sintoma. Os parasitas passam por vários órgãos e demoram em média dois meses até se instalarem no intestino delgado.

Sintomas da Ascaridíase

Apesar de não serem muito comuns, os sintomas da ascaridíase são irritação pulmonar com hemorragias e hemoptise, tosse com sangue. Falta de ar e febre alta também são sintomas da doença. Após a instalação no intestino delgado, a lombriga pode resultar em nauseas, diarreia, dor abdominal e vômito. Se o hospedeiro estiver subnutrido, os parasitas se alimentam da própria parede intestinal do hospedeiro, causando hemorragias. Em casos mais graves, a ascaridíase pode provocar asfixia ou a migração dos parasitas para apêndice ou pâncreas que pode resultar em apendicite, colecistite ou pancreatite.

Transmissão da Ascaridíase

A infecção acontece através da ingestão dos ovos infectados através de águas e alimentos infectados. Normalmente, a doença é transmitida por verduras que contem ovos do parasita. As larvas são lançadas no intestino delgado, alcançando a corrente sanguínea pela parede do intestino. Ao infectar o fígado, o parasita cresce e penetram novamente os vasos sanguíneos, coração e pulmões. Nos pulmões, é aonde os parasitas crescem e recebem nutrientes e oxigênio em abundância. Em menos de uma semana, os parasitas desenvolvidos chegam à faringe, passam pelo estômago e chegam ao intestino delgado, aonde se tornam adultos. A fase adulta dura em média dois anos, enquanto pelas fezes são liberados os ovos do parasita.

Tratamento da Ascaridíase

O tratamento da ascaridíase é realizado com azólicos como mebendazol ou albendazol, além de piperazina e óleo mineral. É preciso consultar um médico antes de iniciar o tratamento e os medicamentos devem ser tomados repetidamente até que as larvas sejam atingidas. A educação sanitária, higiene pessoal e tratamento da água para consumo humano são essenciais para a prevenção da ascaridíase.


Recomendamos também:


Encontre o que deseja:

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Gostou? Deixe seu comentário abaixo!

4 Comentários em Ascaridíase – Causas, Sintomas, Tratamentos e Transmissão‏

  1. babi disse:

    me parece que essa pagina vai me ajudar muito

  2. jose fina disse:

    dicas importantes para o tratamento, parabens ao site

  3. princesa timida disse:

    muito bom agredeço por isso estou devendo uma pela ajuda vou tirar 10 no trabalho uruuu

  4. Erickson Felipe disse:

    muito bom vlw ajudou muito obg !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *