Você está em Noticiaki > Notícias > Cadastro Positivo de Bons Pagadores do Serasa

Publicado por EM Economia| Atualizado em: 09/07/2015 às 22h23m

Cadastro Positivo de Bons Pagadores do Serasa

Começa a valer a partir de hoje, 1º de Agosto, o cadastro positivo de bons pagadores, segundo aprovação pelo Senado Federal em dezembro de 2010, e sancionado em junho de 2012, pela presidente da República, Dilma Rousseff. Com este cadastro, os bons pagadores terão por benefício, maiores chances de conseguir por meio de negociações com a instituição bancária, menores taxas e prazos mais longos para pagamento de créditos financeiros, além de aumento na chance de conseguir empréstimos e/ou financiamentos para compra de bens, como imóveis e automóveis. Por não ser um serviço obrigatório, o cliente que desejar ter o seu nome incluso neste cadastro, deverá solicitar a inclusão, em uma instituição bancária a qual tenha ligação ou até mesmo no Serviço de Proteção ao Crédito.

Cadastro Positivo de Bons Pagadores do Serasa

Cadastro Positivo de Bons Pagadores do Serasa

Assim como a inclusão do nome no cadastro positivo de bons pagadores do Serasa é opcional, a remoção também, podendo ser feita a qualquer momento. Uma pesquisa realizada pelo Serasa Experian mostrou que o cadastro poderá ter até 26 milhões de nomes incluídos no cadastro positivo de bons pagadores, contudo, são pessoas que não se utilizam do mercado de crédito atual, por somente realizarem compras à vista ou por não ter como comprovar renda de maneira formal. Segundo Ricardo Loureiro, presidente do Serasa Experian, os consumidores que pagam suas contas em dia terão uma reputação positiva de crédito, contudo, as empresas reconhecerão a pontualidade no pagamento por parte destes consumidores, e com isso, oferecerá melhores condições de pagamento.

Como Funciona o Cadastro Positivo de Bons Pagadores

O cadastro como já foi dito, é feito por conta do consumidor, que deve solicitar a inclusão do seu nome na lista de bons pagadores, contudo, poderá autorizar que as instituições financeiras acessem seus dados no cadastro positivo e então provem ser bons pagadores, deste modo, conseguem negociar melhores condições de pagamento, além de prazos maiores. Por outro lado, as instituições financeiras podem emprestar dinheiro com maior segurança, já que com o nome incluído neste cadastro, dificilmente, a instituição bancária será lesada ou sairá no prejuízo, já que tal consumidor é responsável e mantem suas contas em dia. Segundo Leonardo Soares, diretor-executivo de produtos da Boa Vista Serviços, empresa que administra o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SPC), os efeitos deste cadastro, só serão sentidos na prática por volta de 3 anos, não imediatamente.

Cadastro de Bons Pagadores

Cadastro de Bons Pagadores

Para que o nome seja realmente inserido no cadastro de bons pagadores, o Serasa Experian faz uma varredura geral de todo os locais no qual o consumidor realizou compras financiadas, contratações de crédito e despesas mensais, para saber se o consumidor que está solicitando a inclusão de seu nome no cadastro positivo, é realmente um bom pagador. O grande benefício deste cadastro, será a redução significativa no percentual de inadimplentes e superendividamento dos brasileiros. Segundo Fernando Sagato, não há nenhuma desvantagem ao consumidor, pelo contrário, o bom pagador terá redução de juros e condições de pagamento facilitadas, enquanto os maus pagadores, poderão ter um aumento nos custos financeiros, como juros maiores, contudo, este não é o principal objetivo do cadastro, mas sim, garantir benefícios à todos.

Encontre o que deseja:

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Gostou? Deixe seu comentário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *