Você está em Noticiaki > Bem Viver > Candidíase – Causas, Sintomas e Tratamento

Publicado por Alex Hawk EM Mulheres, Saúde | Atualizado em: 06/09/2011 às 00h06m

Candidíase – Causas, Sintomas e Tratamento

Candidíase

A candidíase é uma doença que se manifesta através de um micro-organismo chamado Candida Albicans, que não pela sua existência no corpo humano, mas sim quando o seu número aparece aumentado, causando um processo infeccioso, frequente nas mulheres. Apesar do micro-organismo estar presente em todos os seres humanos, se manifesta na boca e nos genitais, porém mais frequentemente como uma infecção nos genitais, como uma coceira incômoda na vagina, além de ardor, vermelhidão e inchaço, dando então o sinal da doença. Já nos homens, raramente aparecem, mas quando sim, se manifestam com pequenas lesões puntiformes, inchaços, vermelhidão e coceira.

Candidíase

Candidíase

Causas da Candidíase

A candidíase tem como causa diversos fatores, dentre eles o principal é a baixa imunidade do organismo e defesas imunológicas na região genital diminuídas. Quando combinadas com os fatores citados abaixo, a condição para que a Candida Albicans aumente desproporcionalmente na região genital é perfeita. OS principais causadores da candidíase, que também é considerada pelos médicos como uma micose são:

– Antibióticos;
– Gravidez
– Diabetes
– Infecções
– Deficiência Imunológica
– Anticoncepcionais
– Corticóides
– Medicamentos Imunosupressivos
– Obesidade
– Uso de roupas justas
– Sprays Nasais que contenham Cortisona e/ou Eteróides

Sintomas da Candidíase

Os principais sintomas de pessoas que possuem a candidíase são coceiras, irritação, pequenas manchas vermelhas no órgão reprodutor, e para as mulheres, o pior deles é o corrimento vaginal, que acontece de modo espesso, como leite coalhado. Alguns organismos reagirão de maneiras diferentes a doença, como por exemplo, algumas pessoas poderão ter destúrbios gastro-intestinais, outros poderão apresentar quadros de problemas respiratórios e outros poderão ter até mesmo manifestações dermatológicas, tudo isso varia de acordo com o histórico do paciente. É importante ressaltar que esta doença é sexualmente transmissível e que, a medicina afirma que os agentes etiológicos das doenças sexualmente trasmissíveis não sobrevivem fora do corpo humano, tendo o trato genital humano como principal reservatório.

Tratamento da Candidíase

O tratamento da candidíase é bem rápido e eficiente podendo durar entre quatro e seis semanas em aproximadamente 75% dos casos, já os outros 25% dos casos necessitam de tratamentos mais longos. A flora vaginal tem diversos micro-organismos diferentes, como fungos e bactérias, quando a flora sofre algum desequilíbrio, um fungo começa a tomar conta, que é a Candida, causando assim a doença. Para isso o tratamento deve ser iniciado logo no início, quando os sintomas começarem a se manifestar. Todo o tratamento é feito com antimicóticos e antifúngicos durante o período de 3 a 7 dias, combinado com uma dieta alimentar bastante enriquecida, indicada por um bom nutricionista, pois esta etapa do tratamento servirá para aumentar a imunidade do paciente.

Evitar a Candidíase

Alguns cuidados podem ser tomados para evitar que a candidíase se manifeste, como uma boa higienização durante o banho utilizando sempre sabonete neutro, evitando ainda tomar banho em banheiras e uso de toalhas e roupas íntimas de outras pessoas. Secar bem todo o corpo também ajuda, além de fazer a higiene pessoal sempre da vulva para o orifício retal, nunca o contrário. Utilize também calcinhas de algodão, e lave suas roupas íntimas com água fervente e sabão, e passe-as com ferro. Fazendo isso vai ajudar a prevenir que a doença se manifeste. Caso note alguns sintomas da doença, procure imediatamente um médico especializado e inicie logo o tratamento, nunca se auto-medique.


Recomendamos também:


Encontre o que deseja:

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Gostou? Deixe seu comentário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *