Você está em Noticiaki > Entretenimento > Cantor Nelson Ned morre aos 66 anos em SP

Publicado por EM Famosos| Atualizado em: 12/06/2015 às 23h41m

Cantor Nelson Ned morre aos 66 anos em SP

O cantor Nelson Ned d’Ávila Pinto faleceu na manhã deste domingo na cidade de Cotia, em São Paulo, no Hospital Regional de Cotia, após complicações clínicas. Segundo a assessoria de imprensa do Hospital, Nelson Ned foi internado no sábado, em estado grave com infecção respiratória aguda, sintomas de pneumonia e infecção na bexiga. O cantor já apresentava problemas de saúde que ficaram ainda mais graves em 2003, quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) e passou a depender de ajuda dos familiares, que sempre o apoiaram em sua trajetória. Nelson estava sendo acompanhado em uma casa de saúde de São Paulo, desde 24 de dezembro. O horário da morte de Nelson Ned não foi divulgado.

Morre Nelson Ned aos 66 anos

Morre Nelson Ned aos 66 anos

Conhecido como “Pequeno Gigante da Canção”, Nelson Ned tornou-se o ícone da música brasileira após gravar a música “Tudo Passa, Tudo Passará”, fazendo também grande sucesso em diversos países, como Argentina, México e Colômbia, onde era considerado ídolo. Já no Brasil, sua história foi ainda mais brilhante, pois conseguiu fãs em diversas categorias e credos. Seu gênero musical sempre foi o Romântico, porém, na década de 90, converteu-se ao evangelho, e desde então, passou a compor e gravar músicas evangélicas, nos idiomas português e espanhol. Sua fama em outros países sempre foi o orgulho o cantor, pois sua carreira sempre foi baseada nos 1,12m de altura, considerado, pequeno em estatura, mas gigante na voz.

Tudo Passará é o maior sucesso de Nelson Ned

Tudo Passará é o maior sucesso de Nelson Ned

O sucesso internacional do cantor se deu após a gravação de diversos discos em espanhol, além de shows e apresentações nos países citados. Em 2012, o cantor foi alvo no programa “A Tarde É Sua” da rede Record, onde sua esposa, Maria Aparecida, afirmou que Nelson Ned levava uma vida totalmente desregrada antes de sua conversão, pois abusava do vício em drogas, cigarros e bebibas, onde o cantor chegava a beber um litro de uísque por dia, e em uma certa ocasião, bêbado, Nelson Ned chegou a atirar contra sua esposa, acertando seu ombro e quebrando sua clavícula. O AVC causou ao cantor diversas sequelas, dentre elas, a dificuldade de locomoção, passando a fazer uso de uma cadeira de rodas, e a cegueira de um olho.

A diabetes, a hipertensão arterial e o Mal de Alzheimer em fase inicial eram outros problemas enfrentados pelo cantor. Sua carreira foi impecável, pois foi o primeiro latino-americano a conseguir vender 1 milhão de cópias no mercado americano, chegando a se apresentar com Julio Iglesias e Tony Bennett, lotando as cadeiras do teatro Carnegie Hall, em Nova York. Outra apresentação de impacto do cantor brasileiro, foi na Big Apple, juntamente com Madison Square Garden. Nelson Ned morreu na manhã de domingo, está sendo velado no cemitério Horto da Paz em Itapecerica da Serra, na grande São Paulo, e será cremado às 21h, conforme era de sua própria vontade.

Encontre o que deseja:

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Gostou? Deixe seu comentário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *