Você está em NoticiAki - de Tudo um Pouco > Cefaleia – Causas, Sintomas e Tratamento

Cefaleia – Causas, Sintomas e Tratamento

Cefaleia

Cefaleia consiste em uma doença popularmente conhecida como dor de cabeça que atinge a população em geral. A cefaleia pode ocorrer de modo isolado com sintomas agudos como é o caso da enxaqueca, uma cefaleia primária, ou uma doença que está em desenvolvimento como neoplasia cerebral, infecções ou sangramentos intracranianos, que são denominadas cefaleias secundárias. Acredita-se que em média 90% da população mundial já possuiu ou ainda possuirá uma crise de cefaleia durante a vida. A avaliação das dores de cabeça devem ser realizadas preferivelmente por um médico cefaliatra, neurologista especializado no assunto.

cefaleia

cefaleia

Causas da Cefaleia

As cefaleias primárias não possuem uma causa determinada e pode originar de fatores genéticos ou natureza multifatorial. As cefaleias secundárias, ao contrário das primárias, apresentam causas patológicas evidentes. As dores na cabeça podem aparecer de forma súbita, subaguda ou crônica. As dores de cabeça também podem estar associadas a alguns sintomas como vômitos, náuseas, lacrimejamento, hiperemia ocular, sensibilidade à luz e som, causando perda de peso, mal estar, cansaço e febre.

Sintomas da Cefaleia

Os sintomas da cefaleia se caracterizam basicamente pelas dores faciais e dor de cabeça. As cefaleias podem estar acompanhadas de sintomas como alteração da visão, escotomas cintilantes, falta de apetite, depressão, astenia e irritação. A dor característica da doença pode ser latejante, pressão, pulsátil, aperto, ardência ou fincadas, podendo ser intensa, fraca, constante, moderada ou em salvas. A dor pode surgir em vários pontos da cabeça como frontal, occiptal, bilateral, unilateral ou holocraniana, ou seja em toda a cabeça. Os primeiros fatores que auxiliam na identificação da doença são crises de cefaleia que podem ocorrer após a ingestão de álcool, queijos ou vinhos que desencadeiam a enxaqueca.

Tratamento da Cefaleia

O tratamento da cefaleia depende das causas das dores faciais causadas no indivíduo. Em casos com origem medicamentosa, podem originar meningites, encefalites ou hemorragias intracranianas, sendo o seu tratamento com internação hospitalar. Normalmente, os medicamentos utilizados para o tratamento da cefaleia são analgésicos comuns, anticonvulsivantes, relaxantes musculares e drogas para o tratamento específico da enxaqueca.

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Artigos Relacionados:

Encontre o que deseja:

Gostou? Deixe seu Comentário