Você está em NoticiAki - de Tudo um Pouco > Cólica Mestrual – Causas, Sintomas e Tratamento

Cólica Mestrual – Causas, Sintomas e Tratamento

Cólica Mestrual

A cólica menstrual ou dismenorreia, é um dos problemas mais comuns entre as mulheres. A cólica pode ser dividida em duas categorias, sendo elas dismenorreia primária, que consiste na cólica menstrual sem a intervenção de doenças ginecológicas ou dismenorreia secundária, causada por doenças ginecológicas como endometriose, infecções ou miomas. Normalmente, a cólica menstrual ocorre em adolescentes, dois anos após a primeira menstruação, ou seja, no período em que o ciclo hormonal ainda não está estabelecido. A cólica menstrual tende a diminuir com a idade e não causa grandes problemas de saúde, apenas compromete alguns afazeres diários em alguns casos, quando a dor é muito intensa.

cólica

cólica

Sintomas da Cólica Menstrual

A cólica menstrual consiste em uma dor que se inicia juntamente ou até antes da menstruação. As cólicas mais intensas se concentram na área inferior do abdômen, podendo se irradiar para as costas ou membros inferiores. Se as cólicas forem muito intensas, podem surgir náuseas, diarreia, suores, tonturas, cansaço e dor de cabeça. Há alguns fatores de risco para a ocorrência da cólica menstrual como a menstruação antes dos 12 anos, obesidade, menstruação volumosa, ciclos menstruais irregulares, histórico familiar de dismenorreia, tabagismo e nuliparidade, ou seja, nunca ter tido filhos.

Causas da Cólica Menstrual

A cólica menstrual foi associada por muito tempo às emoções e problemas psicológicos das mulheres, no entanto atualmente já se conhece sua causa e quais são os mecanismos fisiopatológicos. Durante o ciclo menstrual, a parede uterina se torna mais grossa e densa para esperar a implantação de um possível embrião. Caso o óvulo não seja fecundado, a parede do útero desaba devido à queda dos níveis hormonais, o que caracteriza a menstruação. Durante a menstruação é liberada uma substância denominada prostaglandina que gera contrações no útero. Essas contrações ocorrem para que o tecido uterino descamado seja expulso. Em alguns casos essas contrações são muito intensas, o que compromete o cotidiano das mulheres.

Tratamento da Cólica Menstrual

Para o tratamento da cólica menstrual são utilizados anti-inflamatórios que diminuem a liberação de prostaglandinas e apresentam boa resposta na maioria dos casos. Outro medicamento utilizado com frequência é o anticoncepcional oral que controla os níveis hormonais, diminuindo a intensidade da menstruação e das cólicas. Os anticoncepcionais em adesivo e injeção também são muito comuns. Para aliviar as cólicas são utilizadas bolsas de água quente, ingestão de líquidos e dieta livre de gorduras, além de exercícios físicos regulares. Algumas pessoas optam pela acupuntura, mas não há evidências de que esse processo seja tão eficiente.

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Artigos Relacionados:

Encontre o que deseja:

Gostou? Deixe seu Comentário