Você está em Noticiaki > Bem Viver > Colite – Causas, Tipos, Sintomas e Tratamento

Publicado por EM Saúde| Atualizado em: 09/02/2012 às 15h58m

Colite – Causas, Tipos, Sintomas e Tratamento

Colite

A Retocolite Ulcerativa, comumentemente chamada de colite, se trata de uma doença inflamatória da mucosa intestinal, ou seja, das células que compõem a superfície interna do intestino grosso, e que é comumente seguida de úlceras. Em cerca de 50% dos casos a inflamação atinge apenas as partes terminais do intestino, da qual fazem parte o sigmoide e o reto. Contudo, cerca de 20% apresentam inflamação de toda a parede do intestino grosso, enquanto que nos outros 30% há uma inflamação segmentar do cólon.

Colite

Colite

Causas da Colite

As causas da Retocolite Ulcerativa ainda são desconhecidas, assim como o motivo pelo qual a doença se manifesta em determinado momento da vida. Entretanto, estudos revelam que alguns fatores genéticos e outros relativos ao sistema imunológico estão envolvidos ao aparecimento da doença. Há ainda a possibilidade de que fatores ambientais sejam a “chave de ativação” da doença em pessoas suscetíveis, geneticamente falando, o que pode vir a causar danos a seus próprios intestinos.

Sintomas da Colite

O principal sintoma da doença é a diarreia com sangue, sendo que o número de evacuações deste tipo pode variar de acordo com a gravidade da doença, podendo atingir números extraordinários em torno de 10 a 20 episódios por dia. Além da diarreia, fraqueza, cólicas, febre e mal-estar podem acompanhar a doença, tornando o diagnóstico da doença um tanto quanto dificultoso nestes casos. Dependendo da intensidade da doença, podem ocorrer casos de anemia, perda de massa corpórea, edemas nos pés e pernas, desnutrição e desidratação.

Tratamento da Colite

Os sintomas básicos da doença podem ser controlados através da administração de medicamentos por via retal. Apesar de ser mais desconfortável, este tipo de tratamento é mais vantajoso, tendo em vista que age diretamente na área tomada pela doença. Medicamentos por via oral não são tão vantajosos, mas podem ser utilizados também, tais como corticoides e mesalamina. Não há formas eficazes de prevenção à doença, uma vez que as causas da mesma ainda são desconhecidas.

Encontre o que deseja:

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Gostou? Deixe seu comentário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *