Você está em Noticiaki > Tecnologia > Facebook compra WhatsApp por US$ 16 bilhões

Publicado por EM Internet, Tecnologia| Atualizado em: 10/06/2015 às 23h45m

Facebook compra WhatsApp por US$ 16 bilhões

O Facebook, de Mark Zuckerberg, anuncia nesta quarta-feira (19) a compra do aplicativo gratuito de mensagens instantâneas, WhatsApp, por cerca de US$ 16 bilhões, distribuidos em US$ 4 bilhões em dinheiro e US$ 12 bilhões em ações da maior rede social no Mundo. A transição ainda poderá chegar a bagatela de US$ 19 bilhões, já que o Facebook prevê o pagamento adicional de cerca de US$ 3 bilhões em ações para os funcionários e fundadores nos próximos quatro anos. O principal objetivo da transação entre ambas empresas é levar maior utilidade e conectividade aos internautas de todo mundo, oferecendo serviços de Internet de forma mais acessível e eficiente. O WhatsApp anunciou em Dezembro de 2013 que chegara a marca de 400 milhões de usuários ativos.

Facebook compra WhatsApp

Facebook compra WhatsApp

Segundo a empresa WhatsApp, nada mudará para os usuários com a compra pelo Facebook, já que o WhatsApp continuará sendo autônomo e operará de forma independente do Facebook, contudo, tal parceria só foi possível se o Facebook mantive os princípios que desde o início fazem parte do perfil do WhatsApp. Segundo ambas empresas, o aplicativo Facebook Messenger e o WhatsApp funcionarão de maneira separada, já que a marca e o nome WhatsApp será mantido, e não incorporado ao Facebook, mantendo ainda as sedes de ambas empresas separadas, sendo a sede do WhatsApp localizada em Montain View, e a sede do Facebook localizada em Menlo Park, ambas na Califórnia. A única mudança visível, será a junção do diretor-executivo do WhatsApp, Jan Koum, ao Facebook.

O WhatsApp ganhou reconhecimento em todo mundo após ser lançado como um serviço gratuito de mensagens instantâneas em 2009, por Jan Koum e Brian Acton, ambos ex-funcionários do portal Yahoo!. O sucesso foi instantâneo, pois se tornou além de uma ferramenta gratuita para envio de mensagens instantâneas, um substituto do serviço de torpedos SMS, já que usa o plano de dados do dispositivo móvel para enviar mensagens de texto ou até mesmo de voz, para pessoas adicionadas à lista de contatos do aparelho. O plano do WhatsApp é gratuito para as principais plataformas de sistemas operacionais de dispositivos móveis, tais como iOS, Android, Windows Phone e BlackBerry, passando a ser cobrada uma taxa de US$ 1 para cada ano de uso.

Logo após a compra, o Facebook lançou um comunicado oficial onde informa que mais de 450 milhões de pessoas estão usando o WhatsApp mensalmente, sendo do total, 70% usuários ativos diariamente. Outro dado importante é que o volume de mensagens enviadas através do WhatsApp já está perto de ultrapassar o volume de SMS enviado diariamente em todo Mundo, estando perto de conectar 1 bilhão de pessoas. Mark Zuckerberg afirmou ainda que qualquer aplicativo que consiga tal feito, merece reconhecimento, por isso, o interesse do Facebook em adquirir o WhatsApp. O Facebook atualmente é a maior rede social em todo mundo, com cerca de 1,23 bilhão de usuários ativos por mês. O WhatsApp não é o único aplicativo adquirido pelo Facebook, pois em Fevereiro de 2012, Mark Zuckerberg anunciou a compra do Instagram por US$ 1 bilhão, na época com 30 milhões de usuários ativos.

Encontre o que deseja:

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Gostou? Deixe seu comentário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *