Você está em Noticiaki > Notícias > Gripe Suína A H1N1 2012 – Sintomas, Cuidados e Tratamento

Publicado por EM Brasil, Saúde| Atualizado em: 05/07/2012 às 21h25m

Gripe Suína A H1N1 2012 – Sintomas, Cuidados e Tratamento

Gripe Suína A H1N1 2012

A gripe suína é causada pelo vírus H1N1, que nada mais é que uma espécie de mutação do vírus Influenza A, tendo portanto um novo material genético que não é conhecido pelo sistema imunológico dos seres humanos. As pessoas com suspeita de gripe suína devem permanecer em casa e prevenir a propagação da doença, no entanto é essencial que seja procurado um médico o mais rápido possível. A doença é identificada através de exames laboratoriais, enviados para departamentos de saúde onde são comparados os sintomas e também as bactérias encontradas no sistema sanguíneo da pessoa, podendo estar ir a óbito se não for tratado as pressas.

Gripe Suína Gripe A H1N1 2012

Gripe Suína Gripe A H1N1 2012

Sintomas da Gripe Suína

Os sintomas da gripe A H1N1 são muito semelhantes aos da gripe comum, entre eles estão: febre, garganta inflamada, tosse, dor no corpo, calafrios, dores de cabeça e fadiga. Em alguns casos podem ocorrer diarreia e vômito. Os casos de gripe suína são variados, pois dependem do sistema imunológico dos pacientes, podendo se agravar e levar à morte, ou em outros casos possuem baixa letalidade. No entanto a preocupação dos cientistas é de que o vírus se transforme e se torne ainda mais perigoso.

Cuidados da Gripe Suína

É preciso tomar alguns cuidados para não adquirir a doença. O vírus H1N1 de espalha de maneira semelhante à gripe comum, é possível se contaminar em contato direto com o doente ou após coçar os olhos, nariz ou boca, ou até mesmo pelo ar. Por isso, lave as mãos constantemente até que se torne um hábito, utilize álcool em gel para evitar a contaminação. Uma pessoa doente pode propagar o vírus um dia após o aparecimento dos sintomas ou até 7 dias depois. As pessoas infectadas ou com suspeita devem cobrir o nariz e a boca ao espirrar ou tossir. Para prevenir o contágio da doença, siga algumas orientações:

• Use máscaras descartáveis em locais que possuem aglomeração de pessoas e pouca ventilação;
• Evite lugares com aglomeração de pessoas;
• Evite o contato direto com pessoas doentes ou com suspeitas da doença;
• Não compartilhe alimentos, toalhas e objetos de uso pessoal;
• Evite tocar olhos, nariz ou boca sem lavar as mãos;
• Lave as mãos constantemente com sabão e água;
• Não use medicamentos sem consultar um médico.

Tratamento da Gripe Suína

O novo vírus da gripe a é sensível a fosfato de oseltamivir e zanamivir, que são as substâncias utilizadas nos medicamentos para tratamento da doença, como o Tamiflu. Os remédios são mais eficazes nas primeiras 48 horas, momento em que os sintomas da gripe A aparecem. Os médicos solicitam que as pessoas não se automediquem e procurem um médico ao perceberem os sintomas. Já existem vacinas da Gripe A no Brasil para prevenir a doença e estão disponíveis em postos de saúde para as pessoas que estão em área de risco.

Gripe A Gripe Suína 2012

Em 2012 a preocupação com a doença já se tornou assunto nas secretarias de Saúde dos estados brasileiros, pois a doença já matou 50% mais que em 2009, ano em que a doença foi anunciada e a pandemia da doença atacou milhares de pessoas no Brasil. Os dados para 2012 são assustadores pois já foram registrado 74 mortes até o dia 5 de Julho. A região sul do país vem sofrendo com o surto da doença, onde a principal cidade atingida é Santa Catarina com 45 mortes, Paraná com 14 e Rio Grande do Sul com 15. Os números já são o dobro dos números registrados em 2009, tendo em 2010, 21 mortes e em 2011, 14 mortes, dados dos três países. Em 2012, o total é de 74 até o momento.

Encontre o que deseja:

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Gostou? Deixe seu comentário abaixo!

2 Comentários em Gripe Suína A H1N1 2012 – Sintomas, Cuidados e Tratamento

  1. MUITO LEGAL APRENDI MUITO COM ISSO AGORA TENHO COMO ME REVINIR!
  2. Milhas.sp disse:
    Considerando que o vírus é passível de mutação e a vacina produz anticorpo específico; Qual é a lógica do fármaco? Como ocorre esta mutação viral: de forma simultânea ou alternada? Todo vírus H1N1 sofre mutação idêntica ou desigual? Se a vacina produz anticorpo específico e o vírus sofre mutação alternada (inespecífica); Qual é a lógica do fármaco?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *