Você está em Noticiaki > Tecnologia > Internet 4G no Brasil: Como Funciona a Tecnologia 4G

Publicado por EM Internet, Tecnologia| Atualizado em: 09/07/2015 às 19h09m

Internet 4G no Brasil: Como Funciona a Tecnologia 4G

Recentemente, foi anunciado a implementação da tecnologia 4G no Brasil, onde as primeiras cidades a receber a tecnologia, são as cidades-sede da Copa do Mundo 2014, segundo imposição da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). As cidades são Brasília (DF), São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Manaus (AM), Belo Horizonte (MG), Natal (RN), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Curitiba (PR), Recife (PE) e Cuiabá (MT). O principal objetivo da implementação da Internet 4G no país, é facilitar a vida de quem precisa utilizar a Internet móvel para realizar atividades pesadas, como baixar documentos, arquivos ou até mesmo aplicativos considerados grandes, eliminando a preocupação em ultrapassar o limite de download pré-determinado pelas operadoras e prestadoras de serviços de Internet 3G.

Internet 4G no Brasil

Internet 4G no Brasil

A diferença entre a Internet 3G e a Internet 4G só pode ser percebida na realização de atividades citadas acima, contudo, para atividades simples e corriqueiras, como baixar e-mails, twitar ou enviar mensagens pelo Facebook, não há praticamente nenhuma mudança, quanto ao desempenho. Até o final deste ano, é estimado a criação de até 250 redes e até 150 milhões de conexões em todo Mundo, segundo previsões da Associação de Empresas de Telecomunicações 4G Americas, já que segundo um levantamento feito em Julho, um total de 200 redes já estariam funcionando no Mundo, distribuídas em 78 países e recebendo até 125 milhões de conexões, número superior ao dobro de conexões registradas em todo ano de 2012, cerca de 72 milhões.

A expectativa até 2018 é chegar à 1 bilhão de conexões. A América Latina registrou até Junho deste ano, um total de 165 mil conexões em 12 redes, estando uma delas no Brasil. Já a América do Norte registrou neste mesmo período um total de 65 milhões de conexões, a maior região em conexões 4G do mundo, com números que representam um total de 55% do total de conexões 4G em todo mundo. No Brasil, as operadoras de telefonia móvel Oi, Vivo, Tim e Claro tiveram até o último dia 30 de Junho para implementar a Internet 4G em seis cidades-sede da Copa do Mundo 2014, para testes. As cidades-sede que já contam com a tecnologia 4G são Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Fortaleza (CE), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA).

Tecnologia 4G

Tecnologia 4G

A tecnologia 4G promete velocidades de download impressionantes, podendo chegar até 50 Mbps, valor 50 vezes maior que a tecnologia 3G, que geralmente registra a velocidade de até 1 Mbps em downloads. Logicamente que a velocidade de conexão dependerá única e exclusivamente do sinal, podendo em algumas regiões, conseguir tal velocidade para download de arquivos, documentos e aplicativos, porém, se o sinal de conexão for baixo, consequentemente, esta velocidade de download diminuirá respectivamente. A operadora Claro, a pioneira na implementação da tecnologia 4G no Brasil, garante que a velocidade mínima de conexão é de 5 Mbps, porém, ratifica a qualidade do sinal para alcançar tal velocidade.

A propagação da Internet 4G no Brasil dependerá única e exclusivamente da demanda da tecnologia entre os brasileiros, já que além da Anatel exigir que até 50% das áreas urbanas das cidades-sede da Copa do Mundo 2014 tenham cobertura, existem projetos em execução no país que podem ser colocados de lado, como a Internet via Rede Elétrica, portanto, ficará a cargo das operadoras, optar ou não pelo aumento da largura de banda e da área de cobertura. O grande ponto negativo da tecnologia 4G no Brasil, fica por conta da faixa de frequência escolhida para ofertar o serviço a população, limitada entre 2500 a 2600 Mhz, frequência relativamente alta, que possui consequentemente, comprimento de onda menor, ou seja, alcance mais curto, além de ser uma frequência que encontra grandes dificuldades para penetrar locais fechados, como apartamentos, empresas e até mesmo residências, mesmo que no local, haja cobertura da tecnologia 4G.

Encontre o que deseja:

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Gostou? Deixe seu comentário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *