Você está em Noticiaki > Bem Viver > Malária – Contágio, Causas, Sintomas e Tratamento

Publicado por Emily Oliveira EM Saúde

Malária – Contágio, Causas, Sintomas e Tratamento

Malária

A malária é uma doença infecciosa aguda ou crônica causada por protozoáriosparasitas através da picada de mosquito. A malária é responsável pela morte de 3 milhões de pessoas anualmente, sendo a principal parasitose tropical. Atualmente já estão sendo desenvolvidas vacinas para prevenir a doença.

malária

malária

Sintomas da Malária

Os sintomas da Malária são dores de cabeça, febre, náusea e fadiga, que podem durar vários dias. Em seguida os sintomas são caracterizados por febre e calafrios, além da destruição de hemácias e descarregamento das substâncias imunogênicas tóxicas no sangue. A febre chega a ser 39 ou 40 graus. Palidez e tremores duram cerca de 15 minutos a 1 hora. Vermelhidão da pele e suores abundantes são frequentes. A crise termina e o paciente se sente perfeitamente bem, no entanto após 3 dias os sintomas voltam a aparecer. Caso a infecção for maligna os sintomas são mais graves como choque circulatório, convulsões, delírios e desmaios. Em alguns casos raros de crise maligna o paciente pode ser levado a morte.

Causas da Malária

A malária é causada pelo mosquito Anopheles fêmea que através da sua glândula salivar faz com que esporozitos penetrem na corrente sanguínea pela qual chegam ao fígado. Assim, invadem as células do parênquima hepática e se reproduzem assexuadamente. Após serem introduzidos na correte sanguínea através da picada, os gametócitos masculinos e femininos formam um zigoto no intestino do inseto, aonde permanecem por divisão assexuada e são liberados pela saliva do mosquito para o organismo humano.

Contágio da Malária

A malária é transmitida através da picada de dos mosquitos fêmeas do gênero Anopheles. Normalmente, a transmissão da doença ocorre em áreas rurais e semi-rurais. Quanto maior a altitude do local, menos a possibilidade de contágio da doença. O mosquito transmissor da malária possui maior atividade durante a noite. Locais quentes e com umidade alta são os mais atingidos pela doença. Os mosquitos fêmeas transmissores da doença se alimentam de sangue, enquanto os machos se alimentam da seiva de planta.

Tratamento da Malária

O tratamento da malária maligna causada pelo P. falciparum é considerado emergencial, enquanto as outras são doenças crônicas. O tratamento é baseado em deixar os parasitas sucessíveis aos radicais livres e substâncias oxidantes. Os medicamentos usados para o tratamento da doença são quinina em caso de febre e antibióticos como mefloquina, atovaquone, lumefantrina, proguanil, artemer e doxiciclina.


Recomendamos também:


Encontre o que deseja:

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Gostou? Deixe seu comentário abaixo!

6 Comentários em Malária – Contágio, Causas, Sintomas e Tratamento

  1. ingrid disse:

    Adorei me ajudou muito,vou ganhar meus 30pontos

  2. Larissa disse:

    Esse site me ajudou no trabalho escolar e me ajudou a aprender.Recomendo para todos

  3. Matheus disse:

    Legal demais este artigo, me ajudou bastante a sanar dúvidas referentes a malária

  4. Clara disse:

    Muito bom mesmoo!!!

  5. sabrina disse:

    Olá amei esse site eu precisava fazer um trabalho escolar e encontrei tudo aqui *-* <3

  6. Vitória disse:

    Olá amei esse site eu precisava fazer um trabalho escolar e encontrei tudo aqui 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *