Você está em Noticiaki > Entretenimento > Morre no Rio aos 81 anos, o ator Elias Gleizer

Publicado por EM Famosos| Atualizado em: 02/06/2015 às 16h25m

Morre no Rio aos 81 anos, o ator Elias Gleizer

É com pesar que noticiamos a morte do ator Elias Gleizer. Aos 81 anos de idade, o ator morreu nesta tarde no Hospital Copa D’Or, em Copacabana, no Rio de Janeiro, após falência circulatória em decorrência de um trauma. Elias estava internado desde o dia 06 de maio, quando sofreu uma queda e quebrou cinco costelas, além de perfurar o pulmão. Em consequência do trauma, sua condição se agravou, causando sua morte, segundo informações da assessoria de imprensa da rede Globo de televisão. Elias Gleizer não deixa família, pois não era casado e nem tinha filhos. Sua última aparição pública aconteceu em Abril na festa de 50 anos da rede Globo.

Elias Gleizer morreu aos 81 anos, no Rio

Elias Gleizer morreu aos 81 anos, no Rio

Nascido em 04 de Janeiro de 1934, em São Paulo, Elias era filho de imigrantes judeus e poloneses, que moravam no Brasil, sendo seu pai por profissão, sapateiro, e sua mãe, dona de casa. Seu nome sempre causou muita confusão na hora da pronúncia, motivo pelo qual o ator sempre brincava, dizendo que só haviam três Ilicz no mundo: Ilytch Tchaikovsky, Vladimir Ilyich Lênin e Ilicz Gleizer”. A pronúncia de seu nome era tão complicada, que muitos antes de falar seu nome paravam e pensavam antes de dizer seu nome, palavras do ator ao site Memória Globo.

Sua carreira foi recheada de personagens, e em sua maioria se destacou como padre ou vovô, já que a maioria de seus papeis, tinham a ver com tais temas. Sua carreira de grande sucesso teve início na TV Tupi, ainda na década de 50, com 22 novelas registradas em seu portfólio, passando pela rede Tupi, Bandeirantes, SBT e Globo. Ganhou destaque ao participar de novelas na rede Globo, quando em 1984, foi convidado por Walther Negrão para atuar na novela “Livre para Voar”. O sucesso e aceitação do público foi imediata, e logo iniciou uma invejável lista de participações em novelas em minisséries.

Dentre elas estão as minisséries “Direito de Amar” em 1987, “Fera Radical” em 1988, “Tieta” em 1989, “Explode Coração” em 1995 e “Chiquinha Gonzaga” em 1999. Já no histórico de novelas estão 22 participações em “Os Rebeldes” em 1967, “Antônio Maria” em 1968, “Nino, o Italianinho” em 1969, “A Fábrica” em 1971, “O Machão” em 1974 e “Xeque-Mate” em 1976, “Terra Nostra” em 1999, “Sinhá Moça” em 2006, “Passione” em 2010, “Flor do Caribe” em 2013 e “Boogie Oogie” em 2014. Ainda não foram divulgadas informações sobre local e horário do velório do ator Elias Gleizer.

Encontre o que deseja:

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Gostou? Deixe seu comentário abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *