Você está em Noticiaki > Notícias > Salário Mínimo 2016 será de R$ 880

Publicado por EM Economia| Atualizado em: 01/10/2016 às 21h11m

Salário Mínimo 2016 será de R$ 880

Entrou em vigor no primeiro dia do ano, o novo valor do Salário Mínimo que sofreu reajuste de 11,6% e pulou de R$ 788 para R$ 880. A mudança foi publicada no “Diário Oficial da União” no dia 30 de Dezembro, sob o decreto nº 8.618, que implica diretamente nas contribuições que usam o piso como referência, como o Seguro-desemprego e o INSS, que também serão reajustados. Segundo dados do Ministério do Trabalho, o reajuste do salário mínimo injetará na renda dos trabalhadores a bagatela de R$ 51,5 bilhões. O percentual do reajuste é superior a inflação do país no acumulado de 2015 até o mês de novembro, que está em 10,28%, e superior ainda ao acumulado nos últimos 12 meses, que é de 10,97%, segundo dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Salário Mínimo 2016

Salário Mínimo 2016

O Congresso Nacional divulgou em Agosto a proposta orçamentária para 2016 onde previa a elevação do Salário Mínimo 2016 para R$ 865,50, entretanto, no dia 17, a previsão era R$ 870,99. Para chegar ao valor final foram necessárias algumas atualizações nos valores de acordo com os parâmetros que incidem em sua correção, como o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos dois últimos anos e da inflação do ano anterior, que é medida pelo INPC, e reflete a alta de preços das mercadorias para famílias que possuem renda de um a cinco salários mínimos.

O reajuste do salário mínimo irá beneficiar cerca de 40 milhões de trabalhadores e aposentados que recebem atualmente o piso nacional. O Ministério do Planejamento divulgou que para cada R$ 1 de aumento no salário mínimo, o impacto líquido nas contas públicas é de R$ 328 milhões. Isso porque além dos trabalhadores que recebem o piso nacional, contribuintes do Seguro-Desemprego e do INSS, também terão seus benefícios reajustados, além do pagamento de sentenças judiciais, do programa de Renda Mensal Vitalícia (RMV) e da Lei Orgânica de Assistência Social (Loas), responsável pelo ressarcimento do seguro-desemprego e abono salarial.

Com isso o aumento de R$ 92 no valor do salário mínimo 2016 custará para as contas do Governo Federal o valor de R$ 30,2 bilhões no ano. Para quem pensou que as prefeituras não sofreriam com o reajuste, saiba que segundo o levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), o reajuste do salário mínimo causará um impacto nas contas das prefeituras de R$ 2,6 bilhões. Confira abaixo a nota divulgada pela Secretaria de Imprensa da Presidência da República:

NOTA À IMPRENSA

Decreto assinado nesta terça-feira (29/12) pela presidenta da República, Dilma Rousseff, fixa o salário mínimo que entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 2016: R$ 880,00 (oitocentos e oitenta reais). O decreto será publicado no Diário Oficial da União de quarta-feira (30/12).

Com o decreto assinado hoje pela presidenta Dilma Rousseff, o governo federal dá continuidade à sua política de valorização do salário mínimo, com impacto direto sobre cerca de 40 milhões de trabalhadores e aposentados, que atualmente recebem o piso nacional.

O ministro Miguel Rossetto falará à imprensa às 15h na sede do Ministério do Trabalho & Previdência Social.

Secretaria de Imprensa
Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

Encontre o que deseja:

Receba as novidades do NoticiAki em seu e-mail:

Gostou? Deixe seu comentário abaixo!

Um comentário em Salário Mínimo 2016 será de R$ 880

  1. Jessica disse:
    hmmm…quem sabe um reajuste de 100% daria alguma satisfação não é mesmo Tyagho?
    Esse reajusta tá abaixo da inflação. Brincanagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *